Voo panorâmico

Fale Conosco

Enviando

Atenção ao preenchimento dos campos em destaque

História

Devido a IIª Guerra Mundial, a aviação começava a ser tratada com mais interesse, por isso leis de incentivos para criação de Aeroclubes e construção de novos campos de pousos eram criadas. Com estas facilidades, no dia 1 de novembro de 1940, com a iniciativa de Santos Ferreira Cavalcante era fundado o Aero Clube de Lavras.

Porém, somente em 1942 sob a iniciativa de um industrial português de grande visão empresarial chamado Antônio Vaz Monteiro foi doado ao Aeroclube o terreno para construção do Campo de Aviação e do Hangar. Após tal fato, foi realizada uma campanha na cidade de Lavras para arrecadar fundos para a construção das obras do novo aeroporto intitulada de “Campanha da Boa Vontade – Tudo em Prol da Aviação”.

No dia 20 de julho de 1943 após vários meses de muita luta, o campo de pouso e o hangar, este intitulado de “Vaz Monteiro” em homenagem ao maior benfeitor da instituição, foram inaugurados com grande festa.
Daí em diante o campo de aviação e o hangar passaram a ser as estrelas maiores da cidade de Lavras. Só se falava nisto. Aviões decolavam e pousavam a todo instante. O “João Ramalho”, o primeiro avião; o “Miguel de Souza Filho” e tantos outros.
Entre os anos de 1947 e 1949, o comprimento da pista foi ampliado de 700 metros para 900 metros permitindo que a cidade recebesse os aviões das companhias aéreas.

Por diversas vezes, a pista de pouso foi interditada impedindo o pouso e a decolagem dos aviões, sendo que em 1960 com o fim das viagens aéreas para Lavras, o campo, o Aeroclube e o hangar ficaram esquecidos. Todavia, sempre havia alguém disposto a cuidar do patrimônio mantendo a chama aviatória na cidade. E em 1979 com a reativação do Aeroclube a pista de pouso e o hangar voltam às manchetes de jornal, e novos aviadores são formados.

No dia 8 de julho de 2001 contando com a presença de vários associados, o Aeroclube de Lavras encerrou definitivamente suas atividades aéreas no antigo campo de pouso e hangar da entidade, transferindo-se para o novo aeroporto de Lavras e para o novo Hangar Vaz Monteiro onde até os dias atuais novos profissionais com o espirito aviador são formados.